Notícias | Quem somos | Depoimentos | Atendimento | Atividades | Postos | Psicopictografia | Áudio/Vídeo | Contatos
 












Reflexão: Ser ou Não Ser, Cristão
Por Um Cristão em Marcha

Somos cristãos quando respeitamos a maneira de ser do próximo, pois cada ser está em um determinado grau de evolução e, principalmente, temos que ter temor a Deus acatando as suas leis.
O verdadeiro cristão não pode e não deve, em hipótese alguma, prejudicar o semelhante.

O cristão não é obrigado a conviver com quem não tem afinidade. Deve tão somente tolerar e respeitar as diferenças de credo, raça, partidos, por causa do livre arbítrio de cada ser e da sua liberdade, evitando discussões e agressões verbais e físicas. Para sermos cristãos devemos semear a boa semente: a paz, o amor, a amizade, o entendimento, a ordem, a união e a harmonia.

Um verdadeiro cristão enfrenta com suor e lágrimas as injustiças e o trabalho árduo de sempre semear o bem. Enfrenta as intempéries do tempo, as incompreensões alheias e a maldade do mundo; daqueles que confiam apenas no poder do ouro transitório para serem impiedosos, negando, entretanto, os ensinamentos do Evangelho, ou seja, fechando os olhos para a luz, dando ouvidos às trevas e negando as verdades eternas. Será que não conhecem as leis de causa e efeito?...

O cristão deve caminhar sempre firme ao lado da Luz. Todos somos imperfeitos: "errar é humano e perdoar é divino". Mesmo tropeçando e caindo, o ser humano deve levantar e prosseguir a jornada com fé, levando avante a sua missão.

O progresso é a lei divina, e sem dúvida devemos caminhar, pois a nossa meta é evoluir e nós não queremos estacionar. Quem calunia, ofende, maltrata, espezinha, denigre a imagem dos semelhantes, provocando discórdias e "ais", certamente obedece a um outro comando, porém, ao de Deus, jamais.

É bom refletir também, as palavras de Victor Hugo, eminente filósofo francês:
"É muito bom ser importante, porém o mais importante é ser bom".


Publicado no jornal Diário do Comércio de Uberlândia em defesa de Irene Artiaga Gomes da Costa e da Fraternidade André Luiz.




Em Defesa de Irene Artiaga e da Fraternidade André Luiz
Porque a Verdade já Veio à Tona!


Por que certas pessoas ainda estão empenhadas em atacar quem faz algo bom e diferente? Esperamos que a Justiça seja feita. Por quê? Porque a Verdade já veio à tona! Em defesa de Irene Artiaga Gomes da Costa e Família, Nilzângela Aparecida Arantes Diniz e da Fraternidade André Luiz, de Uberlândia/MG.




 
_____________________________________________________________________________________________
 










Oração do Perdão
por Irene Artiaga Gomes da Costa

Nos minutos que somam as horas, eu concluo sem demora e exatidão, a força do meu eu que clama ao Criador, a visão.

Do passado que explica toda a glória e a desdita de várias reencarnações, e seleto em minhas falas, quero pedir perdão por minhas faltas. E em consequência, perdoando todos sem distinção.

E assim,
- Perdoo os provocadores da dor que senti quando renegada fui;
- Perdoo os caluniadores, os blasfemadores, os ingratos, os maledicentes;
- Perdoo os inconsequentes de almas doentes;
- Perdoo os que não conseguem seguir em frente, lesando muita gente;
- Perdoo os não compromissados com os outros que
  traíram caindo no despenhadeiro da discórdia e da insanidade;
- Perdoo a voz que emana no dizer, a lama que suja sem perceber;
- Perdoo pelo lazer feito sem merecimento, usufruindo do excesso
  de trabalho de quem nunca quer deixar de servir;
- Perdoo a luta sem vitória de quem guarda na memória só reclamações;
- Perdoo a mágoa jogada pelos egoístas que culpam os outros de suas
  desditas, sentindo prazer em serem vistos como coitados;
- Perdoo aqueles que jogam para obter favores com os espíritos bons,
  que entendem e seguem em frente.

Perdoando me perdoo por toda a vista que enxerga o mal de toda a Terra e os erros dos irmãos. Jogo para fora de mim todo medo e pavor de querer ser o maior sem saber o que é ser o menor.

Obrigado meu Deus por entender que só se perdoa quando compreendemos a dimensão do nosso conhecimento vendo as razões.
Assim seja!

 
_____________________________________________________________________________________________
 

Missionários Perseguidos: Fraternidade André Luiz

"Bem-aventurados os que sofrem perseguições pela justiça, porque deles é o Reino dos Céus": em defesa da casa espírita Fraternidade André Luiz e Irene Artiaga Gomes da Costa, a respeito das calúnias promovidas contra as organizações que promovem o Trabalho no Bem.

 
_____________________________________________________________________________________________
 






Arquétipo do Cristo
Uma mensgem do mentor Paulo Léspore em defesa da casa espírita Fraternidade André Luiz, de Uberlânida/MG, a respeito das perseguições e injúrias promovidas contra as organizações que promovem o Trabalho no Bem.

 
_____________________________________________________________________________________________
 



Oração do Amor
por Irene Artiaga Gomes da Costa

Senhor Mestre Jesus,

aqui estamos para testemunhar as verdades maiores. Apesar de pequenos e insignificantes que somos, do poder que é a Fé em Ti, o mal caminha à solta no mundo e impedidos estamos de fazer a caridade.

Senhor, estão me chamando de ladra, eu e minha família, e injustamente pelos amigos de jornada que comigo estavam e me ajudaram a planejar tudo para o bem de todos.

Não me sinto só, pois sinto a Sua presença em mim e em todos que comigo estão. Confio na Tua Providência e nos espíritos Paulo Léspore, Fabiano de Cristo, Eurípedes Barsanufo, Meimei e tantos outros que nos abençoam as horas.

Avalia-te e Cura-te. Auxiliem os caluniadores da Fraternidade e da Avalon a terem olhos para ver, pois estão perdidos no mal. Que assim seja.


 
_____________________________________________________________________________________________
 



"Quando
atacados
somos é
porque incomodamos
aos maus.
Quem é
bom
não
destrói."

Dr. Fhritz

O Evangelho Segundo o Espiritismo - capítulo 20
Allan Kardec pergunta ao Espírito Erasto: Se muitos dos chamados ao Espiritismo se extraviaram, por qual sinal se reconhece aqueles que estão no bom caminho?

Vós os reconhecereis pelos princípios de verdadeira caridade que eles professarão e praticarão; vós os reconhecereis pelo número das aflições às quais eles terão levado consolações; vós os reconhecereis pelo seu amor ao próximo, pela sua abnegação, pelo seu desinteresse pessoal; vós os reconhecereis, enfim, pelo triunfo dos seus princípios, porque Deus quer o triunfo da sua lei; aqueles que seguem suas leis são seus eleitos, e ele lhes dará a vitória, mas esmagará aqueles que falseiam o espírito dessa lei e fazem dela um meio para satisfazer sua vaidade e sua ambição.

(ERASTO, anjo guardião do médium, Paris, 1863).

 
_____________________________________________________________________________________________
 





Baixar MP3 - Oração
Oração
Ministério da União Divina - Fraternidade André Luiz

Senhor, ouça por favor esta oração
Escute os soluços do meu coração
É o despertar para grande visão
Que o mundo é roteiro seguro
Para quem quer crescer
É o lado do inconsciente a emergir
Para que a paz possa existir
Senhor, ouça por favor esta oração
Ajuda-me a caminhar com sinceridade
Com companheirismo e lealdade
Aconteça o que acontecer
Ensina-me a renunciar
A sorrir, servir e amar
Para que meu coração possa sorrir
E a paz possa existir
Para que a paz possa existir
Senhor, ouça por favor esta oração
Ajuda-me a caminhar com sinceridade
Com companheirismo e lealdade
Aconteça o que acontecer

Mentor Dr Paulo Léspore (Música psicografada pela médium Irene Artiaga)
 
_____________________________________________________________________________________________
 






Aos advogados
Ministério do Esclarecimento - Fraternidade André Luiz

Vocês, pela profissão, devem estar acima do bem e do mal, pois têm a visão que vai além das aparências. E todos tem que ter defesa, não é certo?...A Fraternidade André Luiz, na pessoa de sua dirigente espiritual Irene Artiaga Gomes da Costa, foi agraciada e homenageada pela OAB com o título de Cidadã com Relevantes Serviços Prestados na gestão do então presidente Dr. Lira Pontes.

Certa vez, os advogados voluntários da casa espírita Fraternidade, que auxiliavam as pessoas carentes nas questões jurídicas, fizeram uma peça de teatro cujo o título era: "O Espiritismo no banco dos réus". Que ironia do destino. Agora os réus são a médium Irene Artiaga, sua família e a presidente da Fraternidade Nilzângela Diniz.

Os outros dirigentes não são citados. Será por quê? Uma instituição religiosa pode ser fechada? Baseado em quê? Por que a caridade não pode ser feita? Por que fecharam de surpresa a Fraternidade bem na véspera de Natal? Os advogados que prestavam serviços para nós, simplesmente sumiram e nos deixaram. Será por quê?
Precisamos saber por que o Ministério Público disse ter provas "contundentes", mas nunca mostrou. As tais provas contundentes pareciam ser a nosso favor...
Será por quê?

Ajudem-nos a decifrar esse enigma. Não nos sentimos culpados e sim injustiçados. Fomos chamados, junto com a médium, sua família e a presidente da FAL de formadores de quadrilha e estelionatários, e estamos nos sentimos agredidos, pois não somos idiotas. A imprensa chegou antes do oficial de justiça. Será por quê? Quem avisou? ... Que intenção tinha? De humilhar e ferir?

Estamos sendo ajudados por um advogado do Bem que, mesmo sem nos conhecer, aceitou nossa causa por indicação de diversas autoridades que conhecem nosso trabalho espiritual e social. Graças a estas pessoas maravilhosas não entramos em pânico com tamanha agressão.

Queríamos saber por que nossos acusadores se esconderam atrás do anonimato e do nome do promotor?

 
_____________________________________________________________________________________________
 




Francisco Cândido Xavier


Chico Xavier foi o mais conhecido dos espíritas brasileiros, tendo relevante contribuição para a expansão do movimento espírita. Chico Xavier psicografou 412 livros, vendeu mais de 20 milhões de exemplares, além de ser um homem indiscutivelmente bom, abnegado e elevado, um verdadeiro exemplo do evangelho.

Chico Xavier, como todos os missionários, também sofreu diversas perseguições.
Foi considerado louco e com problemas mentais em sua infância e adolescência.
A família de Humberto de Campos moveu processo judicial contra o médium, reivindicando direitos autorais dos livros psicografados por ele e ditados pelo poeta.

O sobrinho Amaury Pena, subornado por inimigos da Doutrina, foi aos jornais e denunciou Chico como mistificador. Waldo Vieira, seu colaborador direto, tendo lançado 17 obras em parceria com Chico, depois do seu desligamento, passou a dedicar o resto da sua vida tentando provar que o médium era uma farsa e que o espiritismo é uma dissimulação.

 
_____________________________________________________________________________________________
 





Assista ao vídeo Arquétipo do Cristo

Empresários amigos, trabalhadores cristãos
Comunicado do Portal da Redenção para os empresários colaboradores
com as atividades assistenciais da Fraternidade André Luiz


Tens beneficiado a muitas pessoas com as sobras do teu comércio e, com a tua boa vontade em ajudar os necessitados, somos seus intermediários e, juntando um pouco daqui e um pouco dali, levamos os recados de Deus e de Jesus para suas vidas.

Estamos impedidos, temporariamente, de fazer o nosso trabalho de caridade, pois pessoas invejosas e caluniadoras estão atacando o trabalho da Fraternidade e da médium dirigente espiritual Irene Artiaga Gomes da Costa e sua família. Um dos preceitos da nossa doutrina é "Fora da caridade não há salvação" e, apesar de estarmos no século XXI, estas arbitrariedades ainda acontecem, mas contamos com a paciência de vocês em não esquecer da nossa eterna gratidão.

Parábola do Mau Rico - Evangelho Segundo o Espiritismo (Cap. XVI)
"Havia um homem rico, que se vestia de púrpura e de linho, e que todos os dias se banqueteava esplendidamente. Havia também um pobre mendigo, por nome Lázaro, todo coberto de chagas, que estava deitado à sua porta, e que desejava fartar-se das migalhas que caíam da mesa do rico, mas ninguém lhas dava; e os cães vinham lamber-lhe as úlceras. Ora, sucedeu morrer este mendigo, que foi levado pelos anjos ao seio de Abrão. E morreu também o rico, e foi sepultado no inferno. E quando ele estava nos tormentos, levantando os olhos, viu ao longe Abraão, e Lázaro no seu seio. E gritando ele, disse: Pai Abraão, compadece-te de mim, e manda cá Lázaro, para que molhe em água a ponta do seu dedo, a fim de me refrescar a língua, pois sou atormentado nesta chama. E Abraão lhe respondeu: Filho, lembra-te de que recebeste os teus bens em tua vida, e de que Lázaro não teve senão males; por isso está ele agora consolado, e tu em tormentos. E demais, que entre vós está firmado um grande abismo, de maneira que os que querem passar daqui para vós não podem, nem os de lá passar para cá. E disse o rico: Pois eu te rogo, Pai, que o mandes à casa de meu pai, pois tenho cinco irmãos, para que lhes dê testemunho, e não suceda venham também eles parar a neste lugar de tormentos. E Abraão lhe disse: Eles lá têm Moisés e os profetas; ouçam-nos. Disse pois o rico: Não, pai Abraão, mas se for a eles algum dos mortos, hão de fazer penitência. Abraão, porém, lhe respondeu: Se eles não dão ouvidos a Moisés e aos profetas, tão pouco se deixarão persuadir, ainda que ressuscite algum dos mortos. (Lucas, XVI: 19-31)."

 
_____________________________________________________________________________________________
 









Comunicado aos políticos
Ministério da Elevação - Fraternidade André Luiz

Nós somos responsáveis pelo nosso mundo, portanto devemos assumir os papéis que desempenhamos em nossas vidas. Por exemplo:
Se amigos - bons
Se pais - bons
Se irmãos - bons
Se colegas - bons
Se namorados - bons
Se casados - bons
Se viúvos - bons
Se políticos - bons

Em qualquer um destes papéis devemos fazer o melhor possível. Depende de nós o resultado positivo de um mundo melhor, sendo necessário que consigamos ver o lado bom de tudo. Assim, seremos mais felizes e motivaremos melhor as pessoas.
Viva o cidadão do planeta Terra! ... Unidos venceremos a batalha contra as nossas más tendências e, com as boas faremos do nosso mundo o Paraíso Azul.

Para muitos espíritas brasileiros, Bezerra de Menezes é o símbolo do verdadeiro seguidor do espiritismo. Destacam-lhe a índole caridosa, sensata e perseverante diante de toda sorte de dificuldades, vencendo os desafios com as armas do amor ao próximo. Essas características, somadas à sua militância na divulgação e na reestruturação do espiritismo no país, fizeram com que fosse considerado o Kardec Brasileiro. Conseguiu a duras penas, formar-se em medicina em 1856. Foi considerado o "médico dos pobres" e o "apóstolo da caridade" devido à sua dedicação à causa do Cristo. Cada doente deixava seu consultório satisfeito, melhorando, pois havia deixado lá dentro, o seu peso, a sua tristeza, algo que o oprimia, e aprendia sobre o Evangelho Segundo o Espiritismo. Foi vereador e deputado pelo Rio de Janeiro, deputado geral e até presidente da Câmara Municipal. Durante 20 anos esteve envolvido com a política, Bezerra foi muito querido e odiado. Prestou relevantes serviços ao município que o elegera e conquistou os foros de inteligente, ilustrado, ativo e honesto. Foi presidente da FEB, Federação Espírita Brasileira, onde conseguiu aglutinar o movimento espírita. Criou a Companhia de Estradas de Ferro Macaé a Campos, e construiu aquela ferrovia vencendo inúmeras dificuldades. Empenhou-se na construção da via férrea de Santo Antônio de Pádua, foi diretor da Companhia Arquitetônica e presidente da Carris Urbanos de São Cristóvão. Ao longo da vida acumulou inúmeros títulos de cidadania.
Quais foram algumas perseguições que ele sofreu? Sofreu perseguições governamentais que o levaram a ficar sem recursos financeiros. O seu espírito de desprendimento não o permitiu acumular bens materiais, e foi em meio a grandes dificuldades financeiras que um acidente vascular cerebral causou sua morte.

 
_____________________________________________________________________________________________\
 




"Quando atacados
somos é porque incomodamos
aos maus.
Quem é bom
não destrói."

Dr. Fhritz





Assista a animação Zé Arigó

Aos pacientes e frequentadores
Ministério da Comunicação - Fraternidade André Luiz

Pacientes em tratamento, tenham a certeza de que os Mentores que os receberam para os tratarem fisicamente, espiritualmente, mentalmente, materialmente e psicologicamente não os deixaram sem guarida.

Eles continuam a auxiliá-los nos dias do tratamento que faziam na Fraternidade, só que exclusivamente no Plano Astral. Tenham muita fé e façam muitas orações, para que a Fraternidade possa voltar novamente a funcionar, pois o seu único objetivo é servir a Deus. Caso se sintam inseguros liguem para esse número: 3225-3197 ou visite nosso site e vejam as mensagens de Irene Artiaga e dos mentores com maiores esclarecimentos.

José Pedro de Freitas (José Arigó) -1921/1971- fez inúmeras curas como um grande médium. Uma força que Arigó reputava como "estranha", passou a utilizar-se de suas mãos rudes, para manejar instrumentos também rudes, em delicados procedimentos cirúrgicos, no atendimento a enfermos e aflitos. Via e ouvia o espírito que apresentou-se como sendo Adolph Fhritz, um médico alemão desencarnado durante a Primeira Guerra Mundial e, embora não pudesse compreender o idioma, compreendeu a mensagem. Ele fora escolhido como médium pelo Dr. Fhritz para realizar essa obra. Outros espíritos, de médicos e de enfermeiros desencarnados, os auxiliariam. Arigó fundou uma clínica em Congonhas, onde chegava a tratar, gratuitamente, até duzentas pessoas por dia, oriundas da região e dos diversos Estados do país, da América do Sul, da Europa e dos Estados Unidos da América. Entre as dificuldades de ordem legal enfrentadas pelo médium, está a acusação de prática de curandeirismo, e pelo qual foi condenado a quinze meses de prisão; entretanto, teve a sua pena reduzida à metade e não chegou a ser preso, uma vez que recebeu indulto do então Presidente da República, Juscelino Kubitschek, cuja filha também havia sido atendida pelo médium, que diagnosticou dois cálculos renais. Anos mais tarde, responderia a novo processo, quando chegou a ser detido e condenado, em 1964, por sete meses em Conselheiro Lafaiete (MG), pelo exercício ilegal da medicina. Continuou a prática mediúnica mesmo dentro dos muros do presídio. Como se vê, não foram somente os médiuns do século passado que sofreram injusta perseguição. Por incrível que pareça, em pleno século XX, as mesmas cenas se repetem. E um inocente, só porque desejava o bem a seus semelhantes, é encarcerado numa prisão imunda por denúncia daqueles que ainda vivem nas trevas da ignorância!
 
_____________________________________________________________________________________________
 







Aos doadores da Campanha do Quilo
Ministério da Regeneração - Fraternidade André Luiz

Por 20 anos batemos em suas portas e famílias carentes receberam a benção do pão de cada dia em suas casas e, por amor e compreensão ao Evangelho Segundo o Espiritismo, trabalhamos e com Jesus nos fizemos irmãos.


Citação do Evangelho: "Então, dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: vinde, benditos de meu Pai, tomai posse do reino que vos foi preparado desde o princípio do mundo; - porquanto, tive fome e me destes de comer; tive sede e me destes de beber; careci de teto e me hospedastes; - estive nu e me vestistes; achei-me doente e me visitastes; estive preso e me fostes ver." (S. MATEUS, cap. XXV, vv. 31 a 46.) Evangelho segundo o Espiritismo, Capítulo XV.

Hoje impedidos estamos de cumprir o nosso trabalho, por que algumas pessoas envolvidas com as trevas se insuflaram de ódio e, obsediadas, caluniam e perseguem sem se preocupar com aqueles que gritam e padecem, sem podermos acalentar suas fomes e sanar suas dores. Obrigado por ter nos ajudado a reviver a verdade de Jesus.

O próprio Espírito da Verdade antecedeu: "A missão dos reformadores é cheia de perigos, contra ti se açularão terríveis ódios, implacáveis inimigos tramarão a tua perda; estarás exposto à calúnia, à traição, mesmo daqueles que te parecerão mais dedicados". E com a vida Allan Kardec afirma "Tenho sido traído por aqueles em quem depositara confiança, e pago com a ingratidão por aqueles a quem tinha prestado serviços. A Sociedade de Paris tem sido um contínuo foco de intrigas, urdidas por aqueles que se diziam a meu favor, e que, mostrando-se amáveis em minha presença, me detratavam na ausência. Disseram que aqueles que adotavam o meu partido eram assalariados por mim com o dinheiro que eu arrecadava do Espiritismo,entretanto, graças à proteção e à assistência dos bons Espíritos, que sem cessar me têm dado provas manifestas de sua solicitude, sou feliz em reconhecer que não tenho experimentado um único instante de desfalecimento nem de desânimo".
 
_____________________________________________________________________________________________
 








Treinamento Avalia-te e Cura-te (Avalon Treinamentos)




Nota de esclarecimento
por Fraternidade André Luiz

Queridos irmãos,
Tanto tumulto desnecessário... A casa espírita Fraternidade André Luiz tem dado testemunho de trabalho e cooperação social há vinte anos e durante este tempo Irene Artiaga construiu um grande complexo de assistência social e espiritual que atua na cidade de Uberlândia, várias outras cidades e até no exterior. Em Uberlândia construiu mini-centros que são postos de auxílio espalhados nos bairros: Cidade Jardim, Canaã, Bela Vista, Santo Inácio, Guarani, Planalto, Nova Uberlândia, Morada Nova, Panorama e Tapuirama onde são distribuídas sopas, cestas básicas, enxovais de bebê, brinquedos, roupas, além de fornecer auxílio como tratamento espiritual, conscientizações contra os vícios, evangelização infantil e cursos diversos como bordado, corte costura, etc., ajudando nas necessidades da população. Tudo isso através de muito trabalho, liderança e fé de Irene Artiaga, pois todas estas obras foram erguidas com muito esforço de toda a equipe de médiuns que realizou inúmeros eventos e mutirões para arrecadar os recursos necessários.

Nenhuma pessoa foi jamais expulsa da Fraternidade André Luiz. Muitos saíram e não se sentiram mais dispostos a trabalhar em prol do outro. Se sentiram aliviados por viverem sem compromissos, causando um grande mal estar no grupo e atacando os dirigentes, não saindo em paz com a sua decisão. A Avalon é uma empresa criada para atender pessoas e treiná-las nas Virtudes (Boa Vontade, Consideração, Coragem, Equilíbrio, Honestidade, Humildade, Obediência, Resignação, Respeito, Amor, Fidelidade e Lealdade) e nos Pecados Capitais (Inveja, Luxúria, Avareza, Gula, Orgulho, Preguiça, Ira, Vaidade e Medo).

O Treinamento Avalon chama-se "Avalia-te e Cura-te" e prepara médiuns, dirigentes, empresários, educadores e líderes para atuarem no quinto e sexto níveis de evolução espiritual ampliando a visão de mundo, o conhecimento de si mesmo através do espelho e abrindo as consciências para a responsabilidade de cada um na Obra do Cristo. Mas, eles próprios, as “pessoas”, se vendo no espelho tiveram um choque, pois, apesar de intelectualizados são ainda crianças no aspecto emocional. Passaram então a temer os seus próprios defeitos e os divulgaram na televisão e no jornal, atacando e caluniando a pessoa que os ajudavam a curarem a si mesmos, demonstrando uma imensa inveja daqueles que, mesmo com menores condições financeiras e acadêmicas, conseguiram se formar na 1ª Turma do curso "Avalia-te e Cura-te", atingindo o sexto nível de evolução (liderança).


Vejam bem: como podem pessoas que eram os próprios dirigentes de grupos, e que ajudaram a montar o fluxograma do treinamento - com o propósito de educação - saírem desta forma? Principalmente depois de se utilizarem do esquema e usufruírem de cargos, conhecimentos e convívio, se arvorando em juízes e condenando o projeto, mostrando as suas faltas de virtudes, em especial falta de respeito, consideração, gratidão e todas as outras. Todos assinaram contratos com a Avalon e sabiam de todas as condições e normas do treinamento, que ensina a pessoa a criar condições de prosperidade através do empreendedorismo, seguindo o lema implantado por Irene: “Não só dê o peixe, mas ensine a pescar”. A verdade é que, um grupo de pessoas, não querendo pagar seus débitos com a Avalon e a Fraternidade, resolveu, no fim do curso, abandonar as atividades e suas dívidas, apesar de terem aprendido nos cursos, se divertido e se alimentado nos eventos, provando mais uma vez que não conseguiram alcançar a virtude da Honestidade.

Com uma atitude arbitrária lesaram principalmente as pessoas carentes assistidas pela Fraternidade André Luiz, pois se utilizaram do Ministério Público para caluniar anonimamente e suspender as atividades de caridade. As cestas de natal não foram entregues, as crianças ficaram sem receber os brinquedos, as mães gestantes não receberam os enxovais de bebê, 56 crianças ficaram sem creche, as festas de natal para os carentes não foram realizadas, médiuns e pacientes ficaram sem o tratamento de desobsessão, dos passes magnéticos, do leito e da retirada de clichê mental. Todos ficaram sem a palavra consoladora dos espíritos amigos e do Evangelho de Jesus. A inveja é muito perigosa, vejam o mal que estas pessoas estão causando à fé alheia.  

 
_____________________________________________________________________________________________
 



Assista ao vídeo Arquétipo do Cristo



Falamos e desejamos muito ter paz... Mas como exercitá-la se ainda construímos em nossa volta rancores, mágoas e frustrações? Sempre achamos que os problemas e nossas dores são provocados pelos outros e então, para sair destes torvelinhos de conflitos, passamos a ser agentes de discórdia e insatisfações.

Ruminamos o mal e, não conseguindo tirá-lo de nossa alma adoentada, deixamos em nossos rastros histórias que vêm, nos tempos atuais, trazer o arquétipo do Cristo Crucificado. Ainda somos algozes, Pilatos e Judas e escolhemos libertar Barrabás. Não passamos pela morte dos nossos pecados e abafamos as nossas virtudes. O deus Mamon fala alto nos nossos apegos e nos nossos desejos inferiores.

Adeus amizade... Adeus gratidão... O coração esquecido enlameia tudo à sua volta com maldição e a voz sumida dos Mentores Amigos se perde na multidão dos desesperados que, não encontrando guarida, começam a levar consigo cada vez mais cristãos imprevidentes para as arenas, onde não são mais comidos pelos leões animais, mas sim pelo orgulho avarento de quem quer ter tudo sem semear, sem arar a terra e produzir.

Tantos com tão boas intenções de paz constroem guerras dentro dos ninhos e, em conseqüência, estão sozinhos!

Mentor Dr. Paulo Léspore
Dirigente Espiritual da Fraternidade André Luiz
 
_____________________________________________________________________________________________
 









 
Na importância do trabalho encontramos os benefícios oferecidos pelo amor de Jesus, que nos acompanha em nossas tarefas materiais e espirituais, na tentativa de que consigamos encontrar o verdadeiro caminho. Mas passamos desapercebidos pelas belezas que nos são mostradas, na simplicidade da vida bem vivenciada, pelo bom observador que acompanha a evolução da natureza em sua plenitude maior.

Sabemos que a inércia tolhe nossas melhores oportunidades de conhecimento e melhora. Impossibilita nossa averiguação concreta do que a vida se nos apresenta. Lágrimas derramamos na inconstância do nada fazer sem admitir em nossas vidas o auxílio àqueles que nos circundam a existência.

Não deixemos pois, que desesperanças nos levem a paradas a meio caminho. É preciso que saibamos enxergar nossas melhores energias em benefício da sociedade em que vivemos. Olhemos a tudo com amor, com perseverança e com sabedoria.

Utilizemos a humildade como símbolo real de uma verdadeira conquista. O céu está para todos aqueles que se dispuserem a trabalhar na Seara do Criador, levando ao interior a beleza verdadeira que é o amor do Cristo.

Amem esta Casa, trabalhem, conquistem seu mundo íntimo e encontrarão a verdadeira paz, que é a fraternidade.

Mentor Dr. Paulo Léspore
Dirigente Espiritual da Fraternidade André Luiz


 
_____________________________________________________________________________________________